Entendendo a Influência do Inglês na Língua Japonesa

O inglês é uma língua que tem influência em praticamente todas as outras, mas no japonês, em particular, essa influência é diferenciada.

O primeiro contato do Japão com o mundo ocidental se deu no século XVI, com a chegada de missionários portugueses, já o contato com a língua inglesa vem mais a frente, quando este país começa a estabelecer laços comerciais com o ocidente.

Lembra do Tom Cruise no filme "O último samurai"?

via GIPHY

Na era Meji, no século XVII, o processo de absorção de outras línguas no vocabulário japonês se inicia.

Entretanto, o inglês só com tudo na cultura japonesa após a segunda guerra mundial, que termina em 1945. Isso porque anteriormente o Japão se tratava de um país majoritariamente feudal, e com o fim da Segunda Guerra Mundial os EUA passam a observá-lo de perto.

Também  se tornaram parceiros na busca pelo desenvolvimento tecnológico japonês, foi preciso então as distâncias culturais entre estes países precisavam ser encurtadas para poderem se relacionar mais facilmente.

No português temos diversas heranças no estrangeirismo, que pode ser com aportuguesamento da palavra ou não, como no caso de hot dog, que não sofre aportuguesamento e a palavra baguette, do francês, que adaptada ao português se torna baguete.

A língua japonesa, no entanto, tem algumas diferencias fonéticas em comparação com o inglês, e isso faz com que o povo japonês tenha dificuldade de pronunciá-las do modo original.

O Japão é o 14º país em proficiência na língua inglesa, uma posição significativa, mas é comum ouvir-se falar que o inglês dos japoneses é difícil de entender.

Na maioria dos casos essa dificuldade na fala do inglês ocorre porque na língua japonesa não existe as pronúncias das letras L e V, são raros os tipos de sílaba que levam duas consoantes juntas, entre outras nuanças da língua.

Buscando facilitar a fala e o entendimento de palavras vindas do inglês foram feitas adaptações nas mesmas, e é utilizado um alfabeto diferenciado para palavras estrangeiras, o katakana.

 

Seguem alguns exemplos destas curiosas adaptações:

Ideogramas para "Conhecimento"

BUS (ônibus)  – バス(lê-se bãsu)

PARTY (festa)  - パーティー (lê-se páti)

LEMON  ( limão)– レモン (lê-se rêmon)

TAXI – タクシ (lê-se takushí)

 

Ideogramas para "Conhecimento"

COMPUTER (computador) - コンピュータ(lê-se conpiuta)

CHOCOLATE  - チョコレート(lê-se tchocorêto)

BUILDING (prédio) – ビル (lê-se biru)

PRESENT (presente) – プレセント (lê-se purezento)

CURTAIN (cortina) – カーテン (lê-se káten)

MEETING (reunião) – ミーチング (lê-se mitingu)

McDONALD´S           マクドナルド   (lê-se makudonarudo)

O mais interessante é que muitas palavras que possuem sua versão japonesa podem ser substituídas pela versão inglesa “japoneisada”.

Imagem: Wikipedia

Present, por exemplo, que como mostramos seria purezento, possui sua versão em japonês, genzai, mas a versão inglesa já se tornou mais usual.

É comum ouvirmos que o japonês não possui relação com as demais línguas e que por este fato seria muito difícil de aprender.

Isso não é verdade, mas também não é uma completa mentira. A principal diferença, e que costuma chocar, é no modo de escrever, mas no âmbito da fala, saber inglês e/ou uma língua latina pode sim auxiliar no aprendizado desta língua tão diferente.

O ideal seria então estudar e dominar o inglês antes de iniciar os estudos na língua japonesa. Não é preciso ter conhecimento em japonês para ir ao Japão, pois a maior parte da população fala e entende razoavelmente, mas caso o ouvinte tenha dificuldade de entender, não custa nada saber “japoneisar”.

 

Leia mais:

 

 

Japoineisar uma palavra seria então, basicamente, transformar L em R, V em B, completar as consoantes com uma vogal que a acompanhe e adaptar sílabas de três letras. É curioso também que, pelo fato de a língua japonesa ser muito literal (lê-se do modo que se escreve), a escrita das palavras vindas do inglês foca no modo como as palavras são pronunciadas, para facilitar a leitura.

Imagem: Wikipedia

Vemos também que palavras inglesas são comumente utilizadas como títulos de novelas, filmes,  games, livros, revistas e placas no Japão, em bem maior escala que em outros países.

言語の勉強するはすばらしい!(Estudar línguas é maravilhoso!)