10 Coisas Que Você Precisa Saber Antes de Viajar Para a Austrália

A Austrália é o sexto maior país do mundo em território e possui uma população de mais de 23 milhões de pessoas. É uma ex-colônia inglesa que segue a Rainha, apesar de não fazer parte do Reino Unido.

Tem um IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) altíssimo, e é considerada um Estado desenvolvido. Na verdade, o que mais lembramos da Austrália é dos cangurus não é mesmo? Mas o mais importante é que a Austrália é um ótimo destino para viagens pois, devido a sua natureza exuberante e grandes cidades, agrada “gregos e troianos”.

Imagem: Pexels

Antes de correr e comprar sua passagem para atravessar o oceano, existem 10 coisas que você precisa saber.

 

1.  O fuso horário

Em comparação com o Brasil, a Austrália é quase do outro lado do globo, o que faz com que, além de longe, o país possua um fuso horário bem diferente do nosso. Devido a seu tamanho este país, assim como o Brasil, possui 3 horários diferentes.

Na parte mais ao oeste da Austrália são 9 horas a mais que no Brasil, ou seja, se no aqui forem 12h, na cidade de Perth seriam 21h. Na parte central, a diferença é de 10 horas, e na parte mais ao leste, onde se encontram a maior parte das cidades turísticas, a diferença é de 11 horas. Portanto, quando se viaja para lá, é preciso ficar atendo aos riscos de Jet lag*, que podem te atrapalhar na viagem.

 

2.  A moeda

Na Austrália a moeda também se chama dólar, o que pode causar algumas confusões. O dólar utilizado na Austrália não é o mesmo dólar americano (de sigla U$S), e sim o dólar australiano, o qual a sigla é AUD.

Imagem: Flickr

Uma curiosidade é que a Rainha Elizabeth, aquela que está lá na Inglaterra aparece nas notas do país, assim como no Canadá e na Nova Zelândia também. Isso acontece porque esses países mencionados são países da Commonwealth.

 

3.  As cidades mais famosas

Das 10 melhores cidades para se viver no mundo, 4 estão na Austrália. Melbourne é conhecida como a melhor cidade para se viver no mundo, além da arte e estilo de vida tranquilo. Já Sidney, que é certamente a mais conhecida por nós brasileiros devido a sua opera house, em formato de barbatanas, é uma cidade cheia de atrações turísticas, dentre elas prédios históricos e vistas fantásticas.

+LEIA MAIS:

- Brazucas e o sonho australiano!

- Entenda Por Que há Países Dirigem Pela Esquerda ou Pela Direita

- Palavras Diferentes no Inglês Americano e no o Inglês Britânico

 

A cidade de Cairns já possui um diferente atrativo, é uma cidade voltada para a juventude, onde se pode praticar esportes radicais, ter acesso a parques naturais e por fim se envolver noites adentro nas danceterias.  E por último Perth, que apesar se ser isolada das demais grandes cidades do país, é famosa pelo surf e pelo contato mais próximos com os famosos marsupiais símbolos do país. Dentre os destinos mais famosos, a capital Camberra não está inclusa.

 

4.  Clima

A Austrália possui um clima temperado, o que significa que tem estações bem definidas, mas são contrárias às estações europeias, logo o verão começa em dezembro.

Imagem: PxHere

É um dos continentes mais secos do mundo, mas a temperatura pode variar muito de acordo com a região. É possível visitar o ano todo, mas é preciso estar atento às temperaturas de acordo com as cidades que vai visitar.

 

5.  A alimentação

Os australianos possuem hábitos alimentares um pouco semelhantes com os americanos, claro que com algumas diferenças. No café da manhã (conhecido localmente como Brekkie) a diferença não é muito brusca, tendem a comer torradas com uma pasta de chamada Vegemite que é  feito a partir do que sobra no tanque após a produção da cerveja, cereais, café (ralo como o americano), chá, ou até mesmo bacon e ovos mexidos.

Imagem: Flickr

No almoço fazem somente uma pequena pausa para comer, sendo alimentos rápidos como sanduíches, meat pie (torta de carne) e até mesmo fish & chips (peixe frito com batatas fritas). A principal refeição é o jantar, onde costumam comer carne, batatas e macarrão. Se prepare, pois a comida australiana tem fama de exótica, mas nada que um clássico fast food não resolva.

 

6. As belezas naturais

O continente australiano possui o maior recife de corais do mundo, que se estende por mais de 2 mil quilômetros, onde se pode praticar mergulhos e estar em contato com uma gigantesca diversidade de peixes. Também possui o famoso outback (não é o restaurante), um deserto que se estende por quase todo o país, lar do famoso canguru, e que proporciona vistas únicas.

Imagem: Pixabay

Apesar do deserto, o país possui diversos tipos de vegetação, até mesmo florestas tropicais. O fato de ser o único país do continente faz com que existam praias para todos os lados, favorecendo os praticantes de surf e os amantes deste tipo de ambiente.

 

7.  A fauna

Devido a sua diversidade de ambientes, este país é lar de muitas espécies, fazendo parte do grupo de países mega diversos. Possui também o maior número de espécie de répteis do mundo (755 espécies). O fator mais marcante são as espécies exóticas que são mundialmente famosas por suas características peculiares.

Imagem: Pexels

A Austrália é lar não somente do canguru e do coala, como também do ornitorrinco (único mamífero que possui bico), da equidna (único mamífero que coloca ovos) e do demônio da tasmânia. Um prato cheio para quem gosta de animais.

 

8.  A vida noturna

Apesar de ser pouco conhecida por esse fator, a Austrália possui uma vida noturna agitada. De acordo com a cidade que se visita pode se encontrar diversas tendências. Algumas cidades possuem um clima mais para a dança, já outras entram mais no meio dos pubs e bares.

Imagem: Wikipedia

A maioria dos lugares não se paga para entrar, mas é preciso tomar cuidado com a vestimenta, roupas informais pode ser motivo para ser barrado.

 

9.  Como fazer para conseguir um visto

Em 2012 foi facilitado o pedido de visto para brasileiros. Caso vá a turismo, ou fazer algum curso com duração de até 12 semanas, somente é necessário fazer o pedido de visto online no site da Embaixada da Austrália, sem custo algum, e a resposta vem por e-mail.

Imagem: Wikipedia

Depois de receber o OK, é preciso imprimir a validação do visto e andar com ela junto ao passaporte, tudo bem simples. Já em caso de negócios, o pedido também é online, mas é paga uma taxa de 130 dólares australianos. Ambos os vistos valem por até 12 semanas, dependendo do pedido feito.

 

10.  A língua

Devido a sua colonização inglesa a língua oficial da Austrália é o inglês. Os australianos possuem um sotaque diferente, que se assemelha mais ao sotaque britânico que ao sotaque americano.

Pelo sotaque ser um pouco diferente do que estamos acostumados a ouvir, e para que a adaptação seja mais rápida e fácil, é preciso que se fale bem o inglês, caso contrário será um pouco difícil se comunicar.

 

*Jet lag- cansaço causado pela viagem; dificuldade do organismo de se adaptar ao novo fuso-horário.