6 diferenças entre o Francês da França e da Bélgica

Assim como o inglês, o espanhol , o "idioma do amor" (o francês) tem suas diferenças e variantes nos diversos países onde ele é falado.

Mapa dos países francofônicos no mundo. Fonte: Wikipedia

Hoje analisaremos algumas peculiaridades entre o francês falado por dois países vizinhos. A França e a Bélgica.

1 - Os números:

Na França os números grandes são contados usando a matemática, já que a partir do número 60 estamos adicionando outros números para obter números maiores. É complicado porém explicamos:

A contagem é da seguinte forma: 60 soixante (sessenta), 70 soixante-dix (sessenta + dez), 80 quatre-vingt (quatro vezes vinte), 90 quatre-ving-dix (quatro vezes vinte + dez).

Já do outro lado da fronteira, na Bélgica, se conta de uma maneira "menos burocrática" para as nossas cabeças: 60 soixante (sessenta), 70 septante (setenta), 80 quatre-vingt (oitenta), 90 nonante (noventa).

2 - O vocabulário: 

Um belga pediria "un gobelet" quando quer um copo de plástico, já um francês para tomar um vinho no parque usaria um "un verre en plastique". Um morador de Bruxelas logo cedinho na manhã leria "une gazette"  já um francês sairia para comprar pão e "un journal".

Na Bélgica, se você é muito bom em algo que faz, lhe diriam "proficiat!" enquanto isso na França apenas "bravo!".

3 - As comidas:

Atenção porque o a ordem das refeições do dia são diferente nesses dois países. Na terra do croissant e do queijo, o dia inicia com um petit déjeuner.

Vale a pena lembrar que a tradução da expressão para português é 'pequeno almoço' a qual é usada em Portugal também para chamar o nosso café-da-manhã.

Foto: Wikipedia

Ainda na França, ao meio dia se come o déjeuner (almuerzo), e a noite o dîner (janta). Caso saia de casa bem tarde, perto da meia-noite e resolva comer, essa refeição que nem tem nome em Português se chama souper.

Já na terra da cerveja e do chocolate (esse ítem é bem discutível), o dia começa com un déjeuner (café-da-manhã), seguido de um dîner (almoço) e termina o dia com um souper (cena).

4 - Fonologia

A pronuncia da letra W - As palavras de começam com essa letra em francês, são de origem estrangeira, como por exemplo Wagon (vagão). Os franceses pronunciam essa letra como se fosse um V, então soando como "vagon", já os belgas pronunciam com um som parecido como um U, como soa em inglês "uagón".

5 - Verbos

Existe um uso diferente do verbo "savoir" (saber) o qual é usado como "pouvoir" (poder) com o sentido de "ter a capacidade de fazer algo". Deste modo, um belga iria dizer: Je ne sais pas dormir que quer dizer “eu não posso dormir”, enquanto isso um francês entenderia essa frase "eu não sei dormir" e para transmitir a mesma mensagem usaria a frase Je ne peux pas dormir para dizer “eu não posso dormir”

6 - Tendencias culturais 

"Quoi ça?" ( é utilizado na Bélgica com o equivalente de francês da França "pardon?" (perdão? - com o sentido de O que? / Como? quando você não entende algo).

Ainda que a primera vista para um francês pode parecer pouco educado dizer  Quoi ça? (O que?) ao invés "pardon?" (perdão?) os belgas utilizam amplamente o Quoi ça? para perguntar algo que ficou sem ser entendido.

A lista de "belgicismos" não é pequena e conta com bastante variedade e parece estar aumentando cada dia mais.

O país de Tintim, do saxofone e da invenção da batata frita (sim, explosões de cabeça, as French fries não são francesas e sim belgas) – sempre foi motivo de chacota de alguns franceses que alegam que a variante de idioma falada por lá é de baixa qualidade.

Pois bem, as influências do francês belga, falado por mais de 4,3 milhões de pessoas, se distinguem sobre tudo por sua localização geográfica onde os seus vizinhos mais próximos como o holandês/flamenco e o alemão deixaram as suas marcas.

Agora que tal fazer um teste de nível de francês? Nesse caso, da França. É tudo muito simples, rápido, grátis e os resultados são imediatos.