Conheça as 10 línguas mais raras que ainda são faladas no mundo

Na maioria das vezes em que falamos sobre idiomas, línguas como o inglês, chinês ou o espanhol tendem a aparecer primeiro na nossa cabeça. No entanto, existem cerca de 7.000 idiomas existentes nos dias atuais, fazendo com que o nosso mundo linguístico seja um lugar diversificado e fascinante. Atualmente, estima-se que um idioma morre a cada duas semanas. O fato é que contanto que uma língua tenha falantes, ela continua tendo uma chance justa de sobrevivência. Para saber mais sobre esses idiomas, a Listen & Learn Brasil resolveu te mostrar algumas das línguas mais raras do mundo que ainda são faladas nos dias atuais. Só assim é que iremos aprender um pouco mais sobre o planeta único em que vivemos. Quem sabe você não encontra inspiração para descobrir ou até mesmo redescobrir o idioma que seus avós ou bisavós falavam!

dictionary-2317654_1920

1. Chamicuro
Onde: Peru
Chamicuro é considerada uma língua com grande risco de extinção e hoje em dia, tem menos de dez falantes no mundo. Depois que o Peru se transformou em uma nação que tem o espanhol como idioma oficial, as gerações mais jovens estão abandonando línguas como o Chamicuro em prol de outras mais dominantes.

2.Liki
Onde: Papua
Liki costumava ser uma língua amplamente utilizada pelos líderes de igrejas em três ilhas na região de Papua, ao longo da costa da Indonésia. Infelizmente, este idioma está fora de uso há muito tempo, e hoje possui entre cinco a onze falantes.

3. Njerep
Onde: Nigéria
A Njerep já foi falada em Camarões, mas foi extinta do local há vários anos. Com o tempo, foi sendo gradualmente substituída por dialetos mais usuais. Hoje, os poucos falantes da Njerep são bem idosos. Alguns especialistas acreditam que o idioma provavelmente vai morrer junto com esses idosos.

4. Ongota
Onde: Etiópia
O Ongota tem poucos falantes nativos que ainda a utilizam e com isso, é claro que o idioma corre o risco de entrar em extinção. Por sorte, alguns cientistas se dedicam a estudar a estrutura da linguagem do Ongota, o que pode ser a chave para a sobrevivência da língua!

5. Sarcee
Onde: Canadá
Sarcee é uma língua utilizada pela tribo Tsuu T'ina no Canadá. Devido à cultura tribal de transmissão e tradição do idioma de forma oral, a Sarcee não tem sistema de escrita. Com certeza este é um fator determinante para explicar o número cada vez menor de pessoas que aprendem essa língua.

Tsuu_Tsina_parade

Desfile da triba canadense Tsuu T'sina - a que utiliza a língua Sarcee. Foto: Wikimedia

6. Paakantyi
Onde: Austrália
Paakantyi é uma língua aborígene falada por pessoas que vivem na região de Nova Gales do Sul, na Austrália. Embora existam menos de duas dúzias de falantes desse idioma, algumas escolas começaram a incluir o Paakantyi em seus programas curriculares na tentativa de criar uma nova geração de falantes.

7. Chemehuevi
Onde: Estados Unidos
A linguagem Chemehuevi tem uma clara vantagem se comparada à outras línguas que tem perigo de extinção. Essa vantagem é a de que as tribos Chemehuevi ainda estão crescendo e se desenvolvendo. Embora existam apenas algumas pessoas realmente fluentes nesse idioma, o importante é que as gerações mais novas ainda estão aprendendo e estudando o Chemehuevi!

8. Taushiro
Onde: Peru
Mais uma língua nativa do Peru que está lentamente sendo extinta por conta da dominância do espanhol! Um fato fascinante sobre o Taushiro é que é considerado um idioma isolado, o que significa dizer que não possui nenhum vínculo com qualquer outro idioma.

9. Dumi
Onde: Nepal
Dumi é uma língua falada por menos de dez pessoas ao redor do mundo. Está relacionada à família de linguagem Tibeto-Burman e, por sorte, existem vários livros, bem como um dicionário, com foco na sintaxe, gramática e vocabulário do Dumi.

10. Lemerig
Onde: Vanuatu
Lemerig é uma língua nativa de uma ilha ao longo da costa da Austrália. É tão rara que não é mais falada ativamente. Mas isso não significa dizer que não existam falantes desse idioma. Duas pessoas ainda o falam e continuam a viver em Vanua Lava, na província de Torba. Eu me pergunto se eles já se reuniram para conversar?

Captura de ecrã 2017-08-18, às 16.54.59

É muito ruim quando um idioma morre, pois isso significa a morte de partes vitais de uma cultura e um modo de vida. Infelizmente, não existem muitas pessoas no mundo interessadas em estudar e preservar línguas tão raras e difíceis de serem encontradas, mas parte da responsabilidade para que esses idiomas não morram é das gerações mais jovens dessas culturas. Porque não aprender o idioma dos seus antepassados ​​e mantê-lo vivo?  

Você vem de uma cultura cujo idioma está desaparecendo? Na sua opinião, quais são as formas mais importantes de preservar as linguagens ameaçadas de extinção?

Saiba que quanto mais idiomas você fala, mais fácil é de aprender novos! É por isso que a Listen & Learn Brasil pode te ajudar! Faça um teste de nível online e GRATUITO da língua que você quer aprender! Temos aulas dos mais diversos idiomas e queremos contribuir para a preservação de todos eles!