Saiba Como os Japoneses se Comunicam Usando Três Alfabetos

Por um acaso você vê letrinhas cheias de tracinhos e diz, isso é chinês ou isso é japonês, porém não consegue diferenciar o que é um ou outro. Eu me lembro de quando era pequeno e assistia Jaspion ou Changeman (os chamados Tutukatsu).  Há muitas pessoas que tentam aprender japonês por serem fãs de animes, mangás, vídeo games, etc.

jaspion-1

Um dos aspectos mais difíceis de aprender japonês é a escrita. Eu conheci muitas pessoas que podem falar o idioma com certa fluência, entretanto quando chega a hora de escrever às vezes eles não têm as habilidades necessárias para construir uma ou mesmo duas frases completas. Alguns cursos japoneses se concentram em ensinar habilidades de escrita, porém muitos não conseguem fornecer uma maneira eficaz de fazer os alunos a reter a informação.

Existem 3 formas diferentes  de escrita em japonês:

Elas são,  Kanji , Hiragana , Katakana e sistemas de escrita . Para aqueles que não estão familiarizados com este tema, aqui está um breve resumo do que significam esses símbolos:

Kanji: Esses caracteres são adotados e são originários da língua chinesa. São usados para expressar conceitos e palavras (principalmente verbos, substantivos e adjetivos).

Hiragana: relaciona-se com sílabas, partículas, títulos japoneses específicos (-san -chan ) e prefixos / sufixos .

Katakana: são usados para escrever nomes ou palavras de origem estrangeira. Muitas vezes, Katakana pode ser usado para escrever algo foneticamente.

Os Kanjis

images

Kanjis são pictogramas ou ideogramas que representam uma palavra inteira ou é o radical de um palavra. Eles foram importados da China, sendo assim a primeira forma de escrita japonesa, anterior ao hiragana e ao katakana.

Até o século IV da nossa era, os habitantes do arquipélago japonês não possuíam escrita, foi então que a escrita chinesa entrou no Japão pela península da Coréia. No início, apenas algumas pessoas cultas sabia ler em mandarim, e apenas o faziam para ler tratados sobre budismo e filosofia. Mas pouco a pouco, eles foram sendo utilizados para escrever em japonês.

O problema era que a língua japonesa já existia, apenas sem a escrita, e os kanjis foram importados com a pronúncia chinesa (lógico que com adaptações), fazendo que um mesmo caractere fosse lido com duas ou mais formas diferentes, ou seja, um japonês e um chinês podem se comunicar através da escrita. Se o japonês escrever apenas em Kanji, o chinês com o qual ele se comunica vai entender quase tudo o que está escrito. Porém para por ai, a fonética é totalmente diferente.

O Hiragana e  o Katakana

Cada caractere é uma sílaba

De vez em quando aparece alguma pessoa me perguntando algo do tipo “como se escreve ‘B’ com letras japonesas?”. Resposta: “Você não escreve.”. O sistema de escrita japonês é diferente: cada caractere representa uma sílaba, não existem consoantes “soltas” (com exceção do “ん”). Cada sílaba pode ser escrita de duas formas: em hiragana e katakana.

Por que duas formas para escrever a mesma coisa?

O Hiragana é utilizado em palavras japonesas. Já o Katakana é utilizado para escrever palavras de origem estrangeira (incluindo nomes), onomatopeias e às vezes para destacar algo no texto (que seria normalmente escrito em hiragana).

ScreenHunter_10 Oct. 02 12.00 ScreenHunter_11 Oct. 02 12.00 ScreenHunter_13 Oct. 02 12.06

E você? Já teve algum contato com a língua japonesa? Teria interesse de prender japonês?

Eis abaixo alguns motivos para você começar a estudar a língua:

1) Você vai ter acesso a uma das culturas mais ricas do mundo, aprendendo são somente um idioma, mas tudo que existe por trás do mesmo: Kendô, Shodô, Kyudô, Origami, etc.

2) Você pode conseguir uma bolsa de estudos para o Japão e estudar em um país que investe muito em tecnologia.

3) Expandir sua realidade, podendo ter toda a mídia japonesa a disposição para adquirir conhecimento. Video games, animes, livros, revistas, etc. Tudo vai estar a sua disposição. Dragon Ball dublado nunca mais!

Está convencido? Entre em contato com a Listen and Learn Brasil e solicite já seu curso de japonês